Especialistas dão dicas de segurança e saúde aos peregrinos que vão até Romaria

Especialistas dão dicas de segurança e saúde aos peregrinos que vão até Romaria

Por Aécio Gonçalves 08/08/2018 - 19:35 hs

Agradecer ou cumprir alguma promessa é, geralmente, o principal objetivo de pessoas que percorrem um longo caminho a pé ou de bicicleta até o Santuário de Nossa Senhora da Abadia, em Romaria. Faltando uma semana para a festa da padroeira do Triângulo Mineiro, o G1 conversou com especialista para dar dicas de saúde e segurança na hora de pegar a estrada.

O dia da santa é celebrado em 15 de agosto. Porém, semanas antes, romeiros de diversas cidades da região, como Uberlândia (distância: 88,5 km), Patrocínio (distância: 81,6 km) e Patos de Minas (distância: 152,6), no Alto Paranaíba se submetem a enfrentar o percurso da BR-365.

Veja dicas e alertas da Polícia Rodoviária Federal, do Corpo de Bombeiros e médicos especialistas em nutrição e ortopedia.

 

Polícia Rodoviária Federal

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Uberlândia informou que várias equipes policiais já estão fazendo a fiscalização da BR-365 em todos os pontos de acesso Romaria. A “Operação Romaria” começou no dia 1º de agosto e será realizada até o dia 16 de agosto por 24h.

G1 conversou com a chefe da delegacia, Jane Santos que repassou dicas de segurança para os romeiros que irão caminhar ou pedalar e para os motoristas que irão passar pela rodovia nos próximos dias. Confira abaixo.

Pedestres e ciclistas

 

  • Usar roupas claras e coletes refletivos
  • Transitar sempre no contra fluxo dos veículos
  • Andar em fila indiana
  • Fazer uso de lanternas durante a noite
  • Nunca transitar pela pista, sempre pelo acostamento

 

Motoristas

 

  • Manter a velocidade permitida da via
  • Reduzir a velocidade quando se deparar com um número maior de romeiros
  • Ter cautela nas ultrapassagens mesmo em locais permitidos
  • Evitar estacionar o veículo no acostamento para não atrapalhar a passagem dos romeiros
  • Não acompanhar com o veículo os romeiros que estão caminhando ou pedalando

 

Em casos de emergências policiais basta solicitar o socorro por meio do telefone 191.

O Corpo de Bombeiros está orientando sobre as queimadas que atingem as matas que ficam próximas à rodovia. De acordo com os militares, os incêndios são comuns nesta época do ano devido ao tempo seco e eles podem causar transtornos como gerar fumaça e calor intenso, acidentes de trânsito e até mesmo vitimar pessoas que transitem nas estradas.

Confira dicas para evitar queimadas:

 

  • Não fume em locais próximos a vegetações secas
  • Não acenda fogueiras, fogos de artifícios ou balões em locais próximos a vegetações secas
  • Vigei qualquer objeto ou equipamento que gere fagulhas
  • Jamais realize contrafogo sem a autorização do Corpo de Bombeiros Militar

 

Em caso de incêndios e acidentes basta solicitar o socorro dos militares por meio do telefone 193.

 

Dicas de saúde

 

A preparação é a principal dica do ortopedista Marcos Aurélio Silveir. “Após tomar a decisão de fazer o caminho até o Santuário, seja á pé ou de bicicleta, o mais adequado é que as pessoas iniciem um treinamento o quanto antes. Comece fazendo caminhadas de curta distância e aumente progressivamente até atingir o objetivo da peregrinação até Romaria”.

Ainda de acordo com ele, durante todo o trajeto o corpo deve estar ereto e o ritmo de caminhada ou pedalada deve ser constante para respeitar os limites do próprio corpo. Em caso de entorses ou contusões nos pés e tornozelos, o médico aconselha a utilização de bolsas de gelo, além do uso de analgésicos para dor.

“Outra queixa frequente dos romeiros é o aparecimento das bolhas nos pés. Elas são causadas devido o atrito e umidade dentro do calçado. A utilização de meias de tecido sintético é essencial para evitar esse incomodo”, explicou Marcos Aurélio.

Por fim, o ortopedista aconselha que todos os romeiros alonguem os músculos do corpo antes, durante e depois da caminhada. “Isso irá melhorar a circulação sanguínea evitando câimbras e dores musculares”, finalizou.

Alimentação

De acordo com a nutricionista Aline Cunha Carvalho, é muito importante que os romeiros não foquem na dieta somente nos dias da caminhada. É essencial que as pessoas comecem um hábito alimentar específico e acompanhado por um nutricionista dias antes de realizarem o percurso. “Nós temos que acostumar nosso organismo para que ele não sinta falta de nada na hora do excesso de exercício físico”, explicou.

A hidratação constante é um item muito importante que não pode faltar na lista dos romeiros, principalmente nesta época do ano em que o tempo é seco. O mais indicado é que as pessoas bebam muita água ou isotônicos antes, durante e depois do percurso, para repor os sais que são eliminados do nosso corpo durante os exercícios físicos.

“Uma dica para saber a quantidade de hidratação que cada pessoa deve receber é multiplicar o peso da pessoa por 30. O resultado é a quantidade de água que deverá ser ingerida por dia”, explicou a médica.

Durante a o percurso, a nutricionista aconselha a ingestão de frutas e sanduiches naturais para recompor as energias. “É muito importante que os romeiros evitem o consumo de doces, isso pode causar efeito de cansaço, pois é um ingrediente de difícil digestão”, finalizou Aline.

Fonte e foto: G1 Link da reportagem: https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/noticia/2018/08/08/especialistas-dao-dicas-de-seguranca-e-saude-aos-peregrinos-que-vao-ate-romaria.ghtml